Pular para o conteúdo
Voltar

Secretaria Estadual de Educação divulga o resultado final do processo seletivo

A lista com o resultado está dividida pelos polos das Diretorias Regionais de Educação (DREs)
Adilson Rosa | Seduc-MT

Os contratos serão a partir de fevereiro - Foto por: Wesley Rodrigues Seduc-MT
Os contratos serão a partir de fevereiro
A | A

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) divulgou nesta quinta-feira (20.01) o resultado final do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para contratação temporária de profissionais em várias áreas de atuação. O resultado e outras informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no site do Instituto Selecon.

A lista com o resultado está dividida pelos polos das Diretorias Regionais de Educação (DREs) de Alta Floresta, Barra do Garças, Confresa, Cuiabá, Cáceres, Diamantino, Juara, Juína, Matupá, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, São Félix do Araguaia e Tangará da Serra.

A próxima etapa do processo seletivo será a homologação por parte da Seduc. Após a homologação, as DREs farão o contato com os candidatos para o agendamento das reuniões online, na qual será mostrado as vagas existes por polo e se é do interesse do candidato. Esses contatos serão por meio de dados inseridos na ficha de inscrição do candidato (e-mail ou por telefone). O contato para agendamento está previsto para o dia 25 de janeiro.

No portal do Instituto Selecon também foi divulgada a resposta ao recurso contra o resultado preliminar do seletivo. Por isso, é importante participar do agendamento online.

Os profissionais admitidos irão desempenhar funções em carga horária de 30 horas semanais e contarão com salários de R$ 1.422,39 a R$ 4.436,54 ao mês. Os contratos serão efetuados a partir de fevereiro.

Mais de 40 mil profissionais da educação se inscreveram no processo seletivo. A prova foi realizada em dezembro de 2021. 

O objetivo do processo seletivo é a escolha por ordem de classificação de professor, técnico administrativo educacional (TAE) e apoio administrativo educacional (AEE) para contratação temporária em demandas que não são caracterizadas como vagas de concurso, tais como aulas residuais e licença médica, para substituir servidores efetivos que, anualmente, são designados para funções como diretor, coordenador, secretário, assessor pedagógico na rede escolar.

Confira aqui o resultado final do teste seletivo por polo.