Pular para o conteúdo
Voltar

Mais MT Muxirum atende 38 turmas em Nossa Senhora do Livramento

Em 2021, o programa superou o número de inscritos da última edição no município
Rebeca Cruz | Seduc - MT

já são 320 alunos descobrindo o mundo das palavras em Nossa Senhora do Livramento - Foto por: Divulgação
já são 320 alunos descobrindo o mundo das palavras em Nossa Senhora do Livramento
A | A

É a segunda vez que o município de Nossa Senhora do Livramento adere ao programa Mais MT Muxirum, que tem como objetivo erradicar o analfabetismo em Mato Grosso, entre pessoas com mais de 15 anos, nos próximos cinco anos. Em 2021, o programa superou o número de inscritos da última edição no município, dividido em 38 turmas, já são 320 alunos descobrindo o mundo das palavras.

Entre as turmas da zona rural, 138 estudantes são integrantes de 18 turmas localizadas nas comunidades: Campo Alegre, Tanque Fundo, Paratudal, Serragem, Cascavel, Pirizal, Figueiral, Carrapatinho, Rancharia, Chapadão e Fazenda Lua Cheia.

Um dos coordenadores do programa no município, responsável pelas turmas da zona urbana, Laércio Miranda, afirma que o número atual de inscritos superou a edição de 2018, uma vez que houve uma grande procura para participar, tanto dos alfabetizadores quanto dos alunos. “Os professores procuraram e os alunos também se manifestaram positivos, queriam aprender, escrever o próprio nome, ler a bíblia, conhecer os números para ligar no celular”.

“Esse projeto vem ao encontro com o desejo de cada cidadão que não teve a oportunidade de estudar, o objetivo é levar a educação na casa de cada um deles.  Para mim, o Mais MT Muxirum é um projeto muito bom. O melhor trabalho é o de educar, de ser educador”, ressalta o coordenador.

Laércio salienta que sua experiência como coordenador está sendo ótima e que o apoio da equipe da Secretaria de Estado de Educação está sendo essencial para sanar as dúvidas dos alunos e dos alfabetizadores.

Para Mário Roberto Duarte, também coordenador do programa em Nossa Senhora do Leverger, responsável pelas turmas da zona rural, fazer parte do projeto proporciona uma aprendizagem constante, tanto para os profissionais da educação quanto para os alunos. “A gente se surpreende muito, como coordenador vejo o meu currículo sendo fortalecido a cada dia, uma aprendizagem atrás da outra para ambos os lados”.

Mário evidencia ainda que entre os alunos, destaca-se a história de um estudante de 82 anos, o mais velho aprendiz da zona rural, e um jovem de 17 anos. Com Mais MT Muxirum ambos estão concretizando o sonho de aprender a ler e a escrever. “Ajudar essas pessoas é muito gratificante para nós, é uma alegria, uma motivação, pois levamos esperança para as pessoas”.

O coordenador acrescenta que a iniciativa do Governo de Mato Grosso é de grande valia para estado, uma somatória para o desenvolvimento da sociedade.

Mais MT Muxirum

De acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios Contínua – 2019 Educação (Pnad Contínua), a estimativa é que existam mais de 2 mil pessoas analfabetas, no município, o projeto veio para mudar essa realidade. As aulas começaram no mês de setembro. Nesta primeira etapa a meta do Governo é atingir 48 mil estudantes. 

O programa Mais MT Muxirum é desenvolvido por meio de um regime de colaboração entre o Governo do Estado e os municípios. As turmas são reduzidas entre 10 e 15 pessoas, respeitando os protocolos de saúde contra a covid-19.

(Sob supervisão de Natália Leão)





Editorias